Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



ÀS vezes é surpreendente viver

Domingo, 16.09.07

Às vezes é surpreendente  viver

apesar, de tudo à nossa volta correr a uma velocidade feroz, desenfreada e alucinante

apesar de tão rara e distraidamente olharmos o nosso mundinho e quase nunca o mundo...

Às vezes é surpreendente viver

olhar, o voo rasante da gaivota, o menino que corre com o vento, agarrado ao fio do papagaio de papel colorido, sob o olhar enternecido do pai...

a areia arrefecida nos pés, avisar que o sol já se vai despedindo

o barco em descanso merecido depois da faina

E o mar...o mar, vestido de azul embrulhado em véu de noiva

Às vezes é surpreendente viver

caminhar levemente,  em pezinhos de lã no tapete estreito, prateado sobre o mar, rasto seguro, que o sol já cansado nos oferece

olhar esse esconde-esconde do sol e das nuvens, numa brincadeira inocente

e o cheiro... o cheiro, é o do mar com aroma a sal

e na tela do que vemos, rabiscamos a cores ,as sensações e a paisagem vai ficando definida, quase palpável...

pintamos o entardecer numa adivinha de noite amena com lua em quarto minguante

o mar a beijar a sua eterna companheira

a brisa acariciar os sentidos

a tela em cores pastel enaltece o alaranjado quente do sol num mergulho quase quedo no leito que o acolhe.

Às vezes é surpreendente viver

já estivemos em outras telas, outras nem chagámos a pintar o fundo. Não foram!

cada tela tem o seu lugar próprio e uma moldura adequada

esta penduro-a no coração emoldurada com a ternura da alma.

E assim, na magia de um momento,  tudo à nossa volta

festeja o final de um dia em inesquecível silêncio.

VER com amor e saborear

o que tantas vezes olhamos sem sentir de tão banal e rotineiro nos parecer

corremos o risco de nunca sermos surpreendidos pela beleza dos momentos

de que é feita a vida

(esta é uma opinião muito pessoal que quis partilhar com todos os que ainda sentem ter espaço para muitas telas).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por dolce_vita às 22:45


9 comentários

De daplanicie a 17.09.2007 às 14:45

Belas palavras plenas de poesia. :-)
Cumprimentos

De dolce_vita a 18.09.2007 às 00:05

Boa noite
São apenas palavras que saiem assim ,sem pedir licença ...numa liberdade desenfreada.
~um bj
RS

De Zita a 17.09.2007 às 16:43

Cada pessoa tem o seu jeito de apreciar a natureza a todos os níveis. Transmitem esse modo atraves da música, das palavras, da pintura. Seja como for, cada momento é único; lamento a vida rotineira do dia-a-dia nem sempre trazer a tranquilidade necessária para apreciar o que nos rodeia.
Deparo-me muitas vezes com isso e assusta-me a mesquinhez desse acto.

De dolce_vita a 18.09.2007 às 00:01

Zita
a vida também tem o seu encanto porque não é uma festa em todos os momentos,se fosse não podiamos às vezes apreciar as pequenas coisas,amá-las,dar-lhes valor.
um bj
RS

De angel a 17.09.2007 às 19:43

Aproveite...ao máximo cada momento...para ter sempre algo a acrescentar as suas telas...muito bonito...
Um bom fim de Tarde..

De dolce_vita a 17.09.2007 às 23:57

O que lhe posso desejar a esta hora, é que amanhã o sol brilhe.Mesmo que se esconda...
um abraço
RS

De Blogadinha a 18.09.2007 às 19:13

É tão curioso este post. Dou graças pela postagem automática e ainda assim, e ainda ironicamente estamos em sintonia nos últimos "sentimentos publicados".

Também eu postei sobre a beleza dos pormenores, assim designados porque apenas não os apreciamos na sua grandeza e totalidade.

Um grande bálsamo. Pessoal ou não, foi uma bela passagem e partilha do momento.

Até à próxima!

De dolce_vita a 19.09.2007 às 00:40

olá
Ainda bem que muitos de nós faz de alguns momentos uma festa,os sente e vive,faz das pequenas coisas, valor inestimável.
vivi sim ,tudo aquilo que escrevi ,apenas tenho pena de nao ser escritora para tornar o texto numa tela bem pintada.capaz de nela ser representada toda a veracidade vivida.Ainda bem que escreveu sobre um pequenas coisas.ainda bem que muitos de nós não passamos ao lado da vida.
obrigada pelo comentário
RS

De estreladosul a 30.09.2007 às 02:23


Menina, já li esta prosa 3 vezes e ainda estou a tentar por os pensamentos em ordem.

"Às vezes é surpreendente viver" Vale a pena um minuto de vida para ler uma escrita de uma pessoa com um poder de observação tão forte como o teu.
Vê-se, que como já disseste, não tens passado pela VIDA com o nariz no ar.
Continua surpreender-te com a vida , minha amiga, para continuares a dar-nos pérolas lindas como esta.

Bom domingo

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30